Nissan IDS Conceito frontal

Renault-Nissan aposta para autonomia

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone

O grupo Renault-Nissan tem o “pólo elétrico” e continuamente mostram. O grupo, quarta em todo o mundo na produção de automóveis anunciou planos para lançar 10 Condução Autónoma novos modelos para o ano 2020.

KIT VITRESEles também incidirá sobre a conectividade de seus veículos e uso eficiente de novas tecnologias para tornar a vida dos motoristas e ocupantes de seus veículos mais segura e eficiente. O novo pacote permitirá que aplicações de conectividade para ser conectado a trabalhar, redes de entretenimento e sociais.

Como de costume, essas tecnologias serão instalados em modelos de produção em massa e a preços acessíveis, como Renault e Nissan vêm fazendo há muitos anos e que o levou a ser o número 4 mundo, devido ao seu excelente valor para o dinheiro.

A aliança é um líder mundial em “zero emissões” e vendeu quase 300.000 unidades de veículos 100 % desde o primeiro Nissan Leaf elétrico em San Francisco vendidos no ano 2010. O próximo objetivo é continuar aumentando a segurança e reduzindo o número de mortes e graves.

Renault Zoe cargandoA condução autônoma é a sua arma e esperar para reduzir erros drasticamente motoristas, uma vez que são responsáveis ​​por até 90 % acidentes fatais.

2016 marcará a estréia de veículos com controle de pista, recurso que permitirá o veículo para conduzir autonomamente em rodovias incluindo o tráfego pesado e constante parada. Em 2018 Renault-Nissan lançará veículo de controlo com pistas múltiplas que vai negociar perigos e mudanças de pista em estrada linhas. Em 2020 vai lançar os cruzamentos autonomia do sistema que permitem o veículo para navegar por cruzamentos da cidade com tráfego pesado sem intervenção do condutor.

 

Nissan LeafTambém, vai lançar aplicações para dispositivos móveis que permitem a interação direta com o veículo. Estas aplicações vão melhorar nos próximos anos para permitir que os usuários para ficar conectado da melhor maneira possível “suas coisas”.

Toda a tecnologia de condução autônoma está disponível ao motorista a opção de usar o que quiser ou ajuda a melhor a sua condução.

Atualmente 1 em 10 carros vendidos no mundo pertencem à aliança Renault-Nissan, e, certamente, estes números vão melhorar graças ao empenho e desenvolvimento elétrica e condução autónoma, Você não acha? Tudo indica que esta será.

Adrián Osés, Locos Motor.

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone

Outros itens da web

Adrián Osés
Autor: Adrián Osés Entusiasta e Engenharia Motorsport, fundador e editor da Mad Motor.